quarta-feira, Março 05, 2008

E é tudo..

segunda-feira, Janeiro 28, 2008

Por ali..


Aponto na direcção certa,
e começo assim a minha caminhada.
Parece sem fim e deserta,
..mas Espera! Porque esta não é desesperada.

Explodiu...


Não foi da forma que esperava, nem teve a cor que esperava..
Mas explodiu..


quarta-feira, Janeiro 23, 2008

Explode foda-se..


Faço o que aguento, o que não aguento desfaço!
Mas não me faço nem desfaço, para aguentar..

sexta-feira, Janeiro 18, 2008

2nd Round - The bitch is back..


..Ou vai ou racha meus amigos..

quarta-feira, Dezembro 26, 2007

Bem perto..


..é assim que te guardo..

quinta-feira, Dezembro 13, 2007

Força bruta

Hoje, nem Tu me vencias!

Podias vir e tentar.. e não Irias conseguir!
Podias vir gélido e bruto, que Voltarias para trás sem forças e derrotado..

Hoje não Conseguirias..

terça-feira, Novembro 13, 2007

The bitch is back..

..reapareceu na minha vida a estaferma dum raio..mas desta não é para ficar!!!!!

Abraços e cachaços

quinta-feira, Novembro 01, 2007

A very rough day, week..and soon, months!!!!


Há dias assim, em que tudo parece que vai desabar e só apetece berrar e partir! Se estes dias tem sido difíceis, com tantas coisas para fazer, pensar e planear, não quero imaginar os próximos meses!
Adoraria ser ausente de pensamentos!
Adoraria ser Alberto Caeiro:

"Que pensará isto de aquilo?
Nada pensa nada.
Terá a terra consciência das pedras e plantas que tem?
Se ela a tiver, que a tenha...
Que me importa isso a mim?
Se eu pensasse nessas cousas,
Deixaria de ver as árvores e as plantas
E deixava de ver a Terra,
Para ver só os meus pensamentos ...
Entristecia e ficava às escuras.
E assim, sem pensar tenho a Terra e o Céu."
Alberto Caeiro in "Acho tão Natural que Não se Pense"

Abraços e Cachaços

sexta-feira, Outubro 12, 2007

Entra de mansinho e deixa-te ficar!

"Porque não falavas?"
- Por mau estar..

"E o que te faz falar agora?"
- Raiva..

"E porque não antes?"
- Por vergonha..

"Vergonha do quê?"
- Da minha luta..

"Mas qual luta?"
- Ao aprisionamento..

"Estives-te preso?"
- Sim! À amargura e ao desgosto..

"E porque não te libertaste?"
- Esperava por ela..

"Quem era ela?"
- A força..

"E como veio essa força?"
- Andando, mas devagar..

"E quando chegou, como foi?"
- Humm..Foi Amor..


Três meses volveram, e foi isto o que se passou na minha vida. O que conta é aquilo que no fim fica e não o que instiga esse final. E como diria alguém que muito admiro: "..e isso é que é importante"


Abraços e cachaços

sexta-feira, Julho 20, 2007

Second Round!!!! I shall not give up...