sexta-feira, março 30, 2007

Fluir!

Hoje de repente passei a adorar a nova música dos Da Weasel (e não estou a gozar, Carlão!). Encontrei-a por acaso perdida num site, mas no momento permanente em que a ouvi, tudo fez sentido, até o faz faz… o uh uh…etc!

Uma música de sexo (que cheira a sexo!), de amor, da diversão que é ter sexo com amor, do prazer de simplesmente saber… sim de saber que o amor dela “flui” com o teu. Como é bom quando fluímos como a água, no sentido inverso à água… subimos, “é sempre a subir” quando lavamos as almas debaixo do chuveiro… sim debaixo do chuveiro. Como é benta esta água… qualquer água, quando a onda é: “uh uh yeah yeah!” Quando a onda é esta “o conceito de tempo não entra na sensação/ Aquilo que vivemos está gravado no coração”.
A verdade é que “Em cada verso há um lado do lado inverso/ Uma história que ensombra a memoria/ Da leveza irrisória de uma conquista notória”, mas no fim…se houver o fim (fechamos a porta do chuveiro?)… no fim o que conta é o momento em que “Faço V de vitória, porque hoje eu sou rei/ Ao lado da rainha com que sempre sempre sonhei”.

Fiquem bem… UhUh yeah yeah! ;)

1 Comments:

Anonymous Catarina Santos said...

Oi,

Os Da Weasel estão sempre à frente! O novo single - Dialectos de ternura - é demais!

Já saquei esta música na tmn, para o meu telemóvel:

http://www.mytmn.pt/web/mytmn.po?intrd=&tree=dm

Uhh,uhh Yeah,yeah Faz,Faz Bébé Uhh uhh Yeah,yeah Faz,Faz Bébé...

Fiquem bem

Catarina

30 março, 2007 17:13  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home