terça-feira, outubro 24, 2006

Pobreza de Estado = Pobreza na Mesa

Vamos a ver se vos consigo explicar aquilo que me passou pela cabeça, quando vi há uns dias atrás, uma reportagem do jornal da noite da SIC. Estava eu a ver o belo do noticiário, que é uma das poucas coisas (in)certas que passam na televisão portuguesa, quando de repente fico estagnado, diria mesmo embasbacado, com a reportagem que se seguiu. Na dita cuja, falava-se de como os portugueses podiam poupar na comida que estes compram, não ligando ponta de corno aos prazos de validade, ou seja, caso tivessem um pacote de arroz que dissesse: “Consumir de preferência até: 21.01.07” poderiam prolongar o prazo de validade à sua vontade. Já os produtos que tem neles escritos “Consumir de preferência até: 21.01.07” esta informação deve ser respeitada já que o prazo destes já foram “esticados” ao máximo. O que isto me leva a pensar é o seguinte meus amigos, por um lado nós podemos esticar o prazo de validade de alguns produtos para poupar uns trocos, mas passamos a comê-los com as suas propriedades todas alteradas, por outro lado, alguém se encarrega de esticar o prazo dos restantes produtos ao máximo e passamos igualmente a comer comida “mais para lá do que para cá”.
Ponto de situação: Quem se lixa é o cabrão do zé povinho, que para além de ter de aturar as merdas que os nossos governos vêm a fazer há mais de 8 anos consecutivos, deitando este país no caos e num estado de sítio financeiro como nunca se viu, agora por causa das dificuldades financeiras do país, temos que “aprender” a poupar no maior bem essencial de todos, por causa destes governantes desgovernados do miolo...
Sabem que mais..BADAMERDA!!!! (Isto foi o que me passou pela cabeça..)

Abraços e cachaços

P.S – Façam como eu, assim que puderem “fujem” daqui para fora...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home